quinta-feira, 12 de março de 2015

TRANSPORTE PÚBLICO - Empresários da UTB e Taguatur visitam novo Gama e saem satisfeitos com o que viram

Após o anuncio por parte da ANTT – Agencia Nacional de Transporte Terrestre, da contratação por meio de licitação das novas empresas de transporte público que atenderão a região do entorno do DF, responsáveis pelas empresas UTB – União Transporte Brasília e Taguatur se reuniram na última semana com o prefeito de Novo Gama Everaldo Vidal para acertarem detalhes sobre o início da operação das empresas no município. Um dos itens abordados na reunião, foi com relação aos terrenos para a construção das garagens de manutenção e guarda dos novos ônibus. Everaldo citou quatro áreas que poderiam atender às necessidades das empresas, sendo duas delas localizadas no bairro do Lago Azul e duas no Pedregal. Porém uma das áreas é de propriedade da Saneago e para que essa seja liberada, primeiramente deveriam adquirir a autorização da estatal. Todavia, relatou o prefeito, tentaria junto a companhia a liberação do terreno, caso houvesse o interesse das empresa na área.

De acordo com Everaldo, essa é mais uma conquista para a população de Novo Gama. “Em breve teremos duas empresas regulamentadas e com autorização da ANTT, o que vai trazer mais segurança para todos os usuários do transporte público no município. O mais importante já aconteceu, que foi a finalização da licitação, que foi homologada por 15 anos. Assim as novas empresas, em médio prazo, poderão atender a demanda da população com um serviço planejado e com mais qualidade”, disse.

As empresas UTB e Taguatur foram vencedoras da licitação realizada pela da ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestre. De acordo com o edital, a UTB será responsável pelo lote 3. Em Novo Gama, explorará as linhas para Brasília. Por sua vez a Taguatur ficará com as linhas para Gama e Taguatinga.

Na quinta-feira (12/03), os Secretários de Infraestrutura Urbana, Warlei Lúcio e de Indústria e Comércio, Edir Dias, acompanharam os empresários Dorival Josué do Amaral, proprietário da UTB e Carlos Alberto Medeiros, diretor da Taguatur pelas principais avenidas da cidade a bordo de um ônibus que fará parte da nova frota que irá atuar nas linhas semiurbanas. Eles acompanhados dos vereadores Alan do Sacolão, Danilo Só Alegria, Laodicéia Dourado e Pelé, além do assessor do gabinete Dean André, percorreram os bairros do Lago Azul e Pedregal no trecho normal da linha. A viagem demorou cerca de uma hora e serviu para que os empresário conhecessem o trajeto a ser percorrido pelos ônibus, bem como conhecer as áreas disponíveis para a construção das garagens para os veículos.

Segundo o empresário Dorgival Josué, a viagem foi proveitosa e ele gostou do que viu. “O município tem ruas largas e bem conservadas com poucos obstáculos, o que provocará a economia de combustível e manutenção dos carros, ocasionando em barateamento das tarifas”, disse.

Perguntando sobre a disponibilidade de veículos para o município, Dorgival informou que inicialmente serão 80 ônibus, somente da empresa UTB e dependendo da demanda, colocará mais veículos a disposição. “Os passageiros não precisam se preocupar, pois estamos preparados para atender a demanda. Não viemos para somente explorar o transporte público coletivo na cidade e sim solucionar de vez o problema existente em Novo Gama”, enfatizou.

Um ponto levantando por um assessor da empresa UTB, porém, fez com que a comitiva estudasse possibilidade de melhoria. Segundo o assessor, a única preocupação é com a quantidade de quebra-molas existentes nas principais vias, que prejudicam a vida útil dos veículos e aumentam o consumo de combustível. “A Câmara poderia estudar essa situação e quem sabe, viabilizar um projeto para a contratação de uma empresa para instalação de lombadas eletrônicas, a exemplo de outras cidades. Assim, arrecadaria finanças para o município, bem como baratearia ainda mais o custo das passagens para a população, pois forçaria menos os ônibus”, sugeriu.

Já o empresário Carlos Alberto Medeiros, diretor da Taguatur, não entrou em detalhes quanto ao número de ônibus que colocará à disposição, apenas, enfocou que será “suficiente para atender a demanda do município”. Ainda informou que gostou muito do que viu e sugeriu que a Prefeitura agilizasse o mais rápido a liberação das áreas para a construção das garagens. “Existe um ditado popular que diz que o político promete e as vezes não cumpre. Nós empresários se prometermos, temos que cumprir, pois os únicos prejudicados pelo não investimento, somos nós mesmos, com os altos custos que isso acarreta num futuro próximo. Se a liberação das áreas for rápida, o início das operações também será rápida”, disse.

Por ser Presidente do Sindicato do Transporte Público do Entorno, Carlos informou que no contrato assinado com a ANTT, uma das cláusulas falava sobre a construção dos pontos de apoio para rodoviários e embarque e desembarque de passageiros. “Ficou acordado que as contrapartidas das prefeituras seriam a liberação das áreas para a construção das garagens e a construção dos pontos de apoio em cada terminal para usuários e passageiros. De acordo com o documento, esses pontos de apoio terão que ter cobertura e serão equipados com banheiros e salas de apoio para funcionários”, enfocou.

Medeiros ainda informou que, por fazer parte do contrato, o sindicato dos rodoviários irá cobrar a risca das empresas, ANTT e prefeituras a execução de tais obras, sob pena de se recusarem a iniciar as operações. “Temos a informação de que os representantes dos rodoviários estão cientes das cláusulas do contrato e irão cobrar afinco os benefícios que forem para os servidores”, findou.

Por sua vez, o Secretário de Infraestrutura Urbana, Warlei Lúcio ficou satisfeito com os elogios tecidos pelos empresários com relação ao Novo Gama. “Ficamos satisfeitos com o parecer das empresas estaremos empenhados nos ajustes necessários para que a UTB e a Taguatur iniciem suas operações o quanto antes na cidade. Assim, estaremos dando mais um passo rumo ao desenvolvimento de Novo Gama, compromissos assumidos para a nossa gestão”, explicou.

Com o início das operações das empresas UTB e Taguatur no transporte semiurbano, as empresas Mais X, Grade Brasília e Rota do Sol, deixarão de circular no município. De acordo com a ANTT as empresas estão circulando por meio de contrato emergencial que deixará de vigorar assim que as novas empresas estiverem aptas a explorarem o transporte público coletivo na cidade. “Enquanto as novas empresas estiverem em fase de ajustes, as demais empresas continuarão a explorar o transporte público. Porém, tão logo estejam concluídas as demandas necessárias, acredito que essas empresas deixarão de circular em Novo Gama por força do novo contrato, que pelo que tudo indica, impede a exploração do transporte público por outras empresas a não ser a UTB e Taguatur”, explicou o secretário.

Outra novidade, segundo o secretário, é com relação a renovação da frota do transporte coletivo do município. “Os permissionários do transporte coletivo municipal, tem um prazo até agosto para trocar a frota por veículos com até 10 anos de uso. Assim, estaremos resolvendo também o problema do transporte coletivo local”, finalizou o Secretário.

De acordo com o presidente da Coopertraes, Hernane Rodrigues, todas as vans da cooperativa serão substituídas por micro-ônibus novos que atenderão os bairros do município. “O prazo final nos dado foi agosto e sem atrasos, até lá teremos substituído todos os veículos que compõem a nossa frota do transporte público”, finalizou.

O Secretário Warlei embarca para a viagem de reconhecimento da rota

Junto a empresários das empresa, comitiva participa da viagem de reconhecimento do município em um dos ônibus da UTB

Warlei e o assessor Dean 

Vereadores também participaram da viagem

Sorridentes os empresários Carlos (esquerda) e Dorival (esquerda) conheceram todo o município a bordo de um dos ônibus

Warlei mostra aos empresários terreno para construção das garagens

Comitiva caminham pelo terreno onde serão construídas as garagens

Onibus da UTB circula pelas ruas do bairro Santa Luzia

Ladeados, Carlos da Taguatur (esquerda), Warlei e Dorival da UTB

Os vereadores Alan do Sacolão (E) e Danilo (D) ao lado do Secretário Warlei (C)

Comitiva dentro do ônibus da UTB

Comitiva no terminal do Pedregal

Os empresário Dorival (C) e Carlos (D) ladeados a um assessor da Taguatur




Nenhum comentário :